Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial / Serviço de Assistência Social / Programas de atuação da SSAS
Início do conteúdo da página

Programas de atuação da SSAS

Publicado: Quinta, 29 de Setembro de 2016, 18h11

 

  • PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DA VIDA(PVV)

    Legislação: Portaria nº 151 – DGP de 4 de agosto de 2016 (IR-50.017)

    Objetivo:
        Promover qualidade de vida, fortalecer os laços afetivos, proteger a vida humana e sensibilizar os militares, servidores civis e seus familiares de que o suicídio é um problema de saúde que pode ser prevenido.


    Principais Atividades:
    - Atendimento Individual ou em grupo;
    - Acompanhamento técnico continuado;
    - Avaliação psicológica;
    - Encaminhamento para serviços e/instituições que possam atender de forma integral as necessidades do indivíduo;
    - Visita domiciliar;
    - Palestras socioeducativas nas OM;
    - Participação da caminhada no dia 10 de setembro: Campanha de divulgação e mobilização social em parceria com o projeto PraVida da Universidade Federal do Ceará em alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio;
    - Iluminação do QG na Cor Amarela no mês de setembro.

    Fotos:

  • PROGRAMA DE APOIO À PESSOA COM DEFICIENCIA (PAPD)

    Legislação: Portaria nº 1.418, de 31 de outubro de 2016 (IG 02.019).

    Objetivo:
        Promover integração e inserção social da pessoa com deficiência no âmbito do Exército.

    Principais Atividades:
    - Propor ações que visem garantir a acessibilidade física, a inclusão e a valorização da pessoa com deficiência;
    - Palestras de sensibilização;
    - Acompanhamento das famílias com filhos com deficiência.

    Fotos:

  • PROGRAMA DE PREPARAÇÃO PARA A RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO (PPREB)

    Legislação: Portaria N° 222, de 31 de Março de 2010.
    Objetivo:
        Contribuir para o desenvolvimento da integridade psicossocial e produtividade na inatividade, auxiliando o militar no seu planejamento financeiro, psicológico, familiar  para a sua transição para a reserva.  
        Os militares, com vinte e cinco anos ou mais de serviço ativo, ou em vias de ingressar na reserva remunerada ex ofício, que se inscreverem voluntariamente.

    Principais Atividades:
    - Palestras na área da: Educação e Cultura; Educação Financeira; Empreendedorismo; Família; Integração Social; Direito; Lazer e Saúde;
    - Cursos em parecia com

    Fotos:

  • PROGRAMA DE APOIO SOCIOECONÔMICO (PASE)

    Legislação: Portaria n 062 de 04 de fevereiro de 2015 (EB-IG-02-010);
                     Portaria n 311 de 18 de julho de 2016 (EB30-IR-50-015).

    Objetivo:
        Promover assistência integrada, especializada interdisciplinar e/ou multidisciplinar,
     visando à prevenção, a superação e ao enfrentamento das vulnerabilidades socioeconômicas.

    Principais Atividades:
    - Atendimento Individual, de grupo e visita domiciliar;
    - Estudo Socioeconômico;
    - Construção de Relatório e Parecer Social;
    - Palestra socioeducativa;
    - Concessão de Auxílio Emergencial Financeiro, se for o caso;
    - Acompanhamento técnico continuado;
    - Encaminhamento para serviços e/instituições que possam atender de forma integral as necessidades do indivíduo;
    - Curso de educação financeira em parceria com o Banco Central do Brasil;
    - Divulgação por meio de material educativo.

    Curso de Gestão de Finanças Pessoais:
    https://cidadaniafinanceira.bcb.gov.br/treinamento/enrol/index.php?id=71

    Fotos:

  • PROGRAMA DE ATENDIMENTO SOCIAL À FAMÍLIA DOS MILITARES E SERVIDORES CIVIS (PASFME)

    Legislação: Portaria nº 1.419 – DGP de 31 de outubro de 2016

    Objetivo:
        Prevenir e minimizar o surgimento ou agravamento de vulnerabilidades psicossociais e emocionais dos militares e servidores civis em missões especiais e de seus familiares.


    Principais Atividades:
    - Levantamento e construção dos prontuários dos militares em missão especial;
    - Atendimento individualizado, de grupo e Visita domiciliar;
    - Palestras socioeducativas;
    - Criação de Rede de Relacionamento;
    - Levantamento e resolutividade de demandas;
    - Acompanhamento Psicossocial;
    - Atividades de lazer e interação com os familiares.


    Fotos:

  • PROGRAMA DE PREVENÇÃO À DEPENDÊNCIA QUÍMICA (PPDQ)

    Legislação: PORTARIA No 040, DE 28 DE JANEIRO DE 2015 (EB 10-IG-02.009).

    Objetivo:
        Desenvolver ações preventivas à dependência química, habilitar
     os Cmt ao reconhecimento precoce do uso ou abuso de drogas e
     encaminhar para tratamento.

    Principais Atividades:
    - Atendimento individualizado, de grupo e visita domiciliar;
    - Palestras socioeducativas;
    - Acompanhamento Psicossocial;
    - Levantamento e resolutividade de demandas;
    - Articulação com a Rede de Atendimento;

    Fotos:



 

Fim do conteúdo da página